jusbrasil.com.br
21 de Outubro de 2019
    Adicione tópicos

    MAIS DE 33 MIL ELEITORES TERÃO SEUS TÍTULOS CANCELADOS NO ES

    Pelos dados prévios fornecidos pelo sistema de informática do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), só no Espírito Santo 33.145 eleitores deverão ter seus títulos cancelados. Este universo de eleitores deveria ter comparecido, até ontem (25/4), a um Cartório Eleitoral do país para se regularizar. Mas dos 35.875 que deixaram de votar nas três últimas eleições, somente 7,6% se regularizaram no Estado.

    Agora, o TSE vai cruzar os dados de todos os Estados do país e a previsão é que no dia 14 de maio saia a lista com os nomes dos eleitores que estão realmente com o título cancelado. Quem estiver nessa nova lista, que ficará disponível nos Cartórios Eleitorais, deverá procurar a Justiça Eleitoral, pagar as multas pendentes e se regularizar.

    O cancelamento do título implica a perda de vários direitos, como, matricular-se em estabelecimento de ensino público, tomar posse em função ou cargo público, caso o cidadão tenha sido aprovado em algum concurso, impede, ainda, a emissão de documentos oficiais, como passaporte.

    A campanha que chamou o eleitor faltoso a se regularizar teve início em março e, durante esse período, até o dia 25 de abril, os Cartórios Eleitorais do Espírito Santo registraram um movimento atípico: atenderam pouco mais de 36 mil eleitores. Desse total, apenas 2.730 atenderam ao chamado para regularizar a situação, os demais acabaram enfrentando filas sem necessidade, pois quem está irregular junto à Justiça Eleitoral por outro motivo, ou deseja fazer mudança de domicílio ou alteração de nome no título, o prazo vai até maio do ano que vem.

    COMUNICAÇAO DO TRE-ES

    Vitória, 26 de abril de 2013

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)